Ifood Com Sede Em Osasco Recebe Autorização da ANAC Para Realizar Entregas Utilizando Drones

Ifood Com Sede Em Osasco Recebe Autorização da ANAC Para Realizar Entregas Utilizando Drones

Um dos maiores aplicativos de delivery do País, o iFood, sediado em Osasco, em parceria com a Speedbird Aero, será a primeira empresa das Américas autorizada a realizar entregas usando drones, ou Aeronave Remotamente Pilotada (RPAs), em todo o território brasileiro.

A autorização para uso diário comercial foi concedida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Com ela, os drones estão liberados para realizar entregas com cargas de até 2,5 quilos em um raio de três quilômetros, inclusive em ambientes urbanos, mantendo margens de segurança estabelecidas no projeto.

No fim de 2021, o trajeto entre dois municípios foi testado pela primeira vez. Aracaju e Barra dos Coqueiros, no estado de Sergipe, foram os escolhidos. O drone atravessou o rio Sergipe a partir do Shopping RioMar Aracaju e percorreu 2,8 quilômetros até Barra dos Coqueiros. Driblando o trânsito na capital sergipana, a viagem pelo ar levou 5 minutos 20 segundos, contra a estimativa de 25 a 55 minutos do trajeto terrestre.

"É uma conquista única para o Brasil. Esse é um marco histórico na aviação, mas também no desenvolvimento da sociedade. É o início de uma mudança que agilizará as entregas com o uso de um modal aéreo em parte das rotas"
Diz Fernando Martins, head de logística e inovação no iFood.

Os drones fazem apenas uma parte do trajeto. Os equipamentos levam os pedidos até um droneport (área específica para pousos e decolagens de drones), onde são coletados por um parceiro entregador do iFood que completa a entrega fazendo o transporte até a porta dos clientes.

Desde 2020, a empresa vem testando o modal. Seu primeiro Certificado de Autorização de Voo Experimental (Cave) foi obtido naquele ano, para voos experimentais no Shopping Iguatemi de Campinas (SP). Nesse teste, foram realizadas mais de 300 entregas, envolvendo mais de 20 restaurantes parceiros na região.